Posts Tagged ‘Coritiba x Santos’

Tuitando Santos 2×2 Coritiba e o vídeo dos melhores momentos

Ontem tentei acompanhar o jogo só pela internet, já que não estou em Curitiba. Não consegui ouvir nem a 98 nem a CBN pela internet. Então tive que ficar acompanhando pelo “Tempo Real” do Globoesporte.com, ouvindo a CBN São Paulo e ligado no twitter com a busca Coritiba.

Segundo vários comentários foi o melhor jogo do Brasileirão até agora, e todo mundo que estava vendo o jogo estava comentando muito o desempenho do Alex. Para registrar o momento do jogo, coloco abaixo os meus tuítes e os que retuitei durante a partida.

E finalmente, o vídeo com os melhores momentos do jogo:

Santos 2×2 Coritiba: 6ª rodada do Campeonato Brasileiro 2012

O primeiro gol do Santos, com falta não marcada

A foto é de Rogério Soares, para a Tribuna de Santos (via Gazeta do Povo)

Dos jogos das 18:30 deste domingo, o Coritiba foi o único visitante que não venceu. Mas isso pode ser creditado principalmente à arbitragem, que errou ao anular um gol de Pereira aos 43 minutos do segundo tempo. Após bela jogada do zagueiro Emerson (é isso mesmo, os dois zagueiros fazendo a festa na área do Santos) pelo lado direito do campo, um passe para trás, o cruzamento de Robinho e a cabeçada de Pereira, que vinha de trás e não estava impedido. Validado o gol, não haveria tempo para uma reação, e o placar seria mais justo pelo que foi o jogo.

O Coritiba foi mais consistente que o Santos, que chegou com perigo em jogadas brilhantes de Neymar ou na competência de Elano, mas não teve tanto espaço para criar jogadas. O Coritiba marcava bem, ficava com a bola a maior parte do tempo, e tinha Vanderlei em dia particularmente inspirado. Pelo menos duas grandes defesas do nosso goleiro garantiram que o Coritiba não voltou com derrota da baixada santista.

O Coritiba entrou em campo com o seguinte escrete: Vanderlei; Jonas, Pereira, Emerson e Chico; Wiliam, Sérgio Manoel, Everton Ribeiro e Rafinha; Roberto e Everton Costa.

Os dois laterais – Ayrton e Lucas Mendes, ganharam folga após o duro trabalho na marcação de Lucas, no jogo de quarta-feira. Jonas jogou e manteve a qualidade, afinal, o Coritiba tem dois grandes titulares para a camisa 2. A surpresa foi o grande desempenho do volante Chico pelo outro lado, que já virou opção para Marcelo Oliveira quando quer segurança defensiva por aquele lado. Porque o natural seria Eltinho envergar a nº 6, mas ele deixa sempre um buraco terrível na defesa.

Roberto, que foi decisivo contra o São Paulo, devia ter ganhado folga junto com os laterais, porque não jogou nada hoje. Acabou saindo para a entrada do meia Robinho no segundo tempo. Everton Ribeiro, apesar ter jogado muito bem, saiu para a entrada de Lincoln – uma alteração que serve para cadenciar o jogo e dar um pouco de descanso para o homem de maior quilometragem pelo Coritiba em 2012.

Outra substituição que parece ter sido por motivo de fôlego foi para a entrada de Junior Urso no lugar de Sérgio Manoel. Junior Urso já foi muito criticado no campeonato paranaense, quando teve de atuar muitas vezes como primeiro volante enquanto Wiliam esteve machucado. As atuações recentes de Urso vem mostrando que o problema era a falta do titular da camisa 5. Quando Wiliam joga na frente da zaga Urso tem mais liberdade um pouco à frente, e apresenta ótimo futebol.

Everton Costa fez hoje um de seus melhores jogos, apesar de não ter anotado nenhum gol.

Mas o nome do jogo foi certamente Rafinha. Ele mostrou porque continua sendo um dos principais jogadores do elenco. Fez o primeiro gol após ótima jogada de Everton Ribeito, mas numa categoria de finalização que, fosse outro no lugar, a bola não estaria na rede. Depois foi decisivo no segundo gol, partindo para cima de Maranhão, o lateral direito santista, e levando um chute no joelho, que o árbitro assinalou como falta dentro da área. Pênalti cobrado e convertido por Lincoln.

Outro detalhe a ser posto na conta da arbitragem: Edu Dracena fez o primeiro gol do Santos com falta sobre Emerson. O zagueiro santista apoiou-se com as duas mãos nas costas do defensor Coxa, que caiu no chão, mas o árbitro não marcou.

Aliás, a arbitragem foi o ponto fraco do jogo, errando em vários lances decisivos, e deixando de anotar muitas faltas de ambos os lados. Ou marcando faltas inexistentes, acreditando na catimba de Neymar, um jogador capaz de cair quando tem alguém a um metro de distância dele. Vai ver que é por isso que nosso grande craque não consegue jogar nada em torneios internacionais – não tem árbitros que vão tão fácil na sua conversa.

O resultado não foi ruim para o Coritiba, mas em vista do que foi o jogo, o empate foi um resultado injusto, e os pontos perdidos assim fazem muita falta no final. O Coritiba somou seu primeiro ponto fora de casa, mas continua sem vencer como visitante. Se quiser alguma coisa neste brasileirão, vai precisar começar a trazer 3 pontos quando sai do Couto Pereira.

Veja aqui o vídeo com os melhores momentos do jogo.

%d blogueiros gostam disto: